Estamos voltando...

03 setembro 2013

KG: o esportivo mais lento do mundo completa 60 anos

Não erramos a conta, não. O protótipo do Volkswagen Karmann Ghia foi apresentado internamente em 1953, na véspera do Salão de Paris. A produção iniciou apenas dois anos depois, e gerou 450.000 desses fusquinhas mais bonitos até 1974, quando eles finalmente saíram de linha. Veja a história.
Nos anos cinquenta a Volkswagen tinha um executivo conservador chamado Heinrich Nordhoff — um nome que soa como o dos bandidos de Duro de Matar. Por isso quando Wilhelm Karmann contratou Luigi Segre, da Carrozzeria Ghia, de Turim, para criar um esportivo sobre o chassi do Fusca no começo de 1953, ele sequer pediu autorização ao seu chefe em Wolfsburg.
Em outubro de 1953 o carro foi levado a uma pequena oficina em Paris, onde a Ghia o apresentou a Karmann, que estava na cidade para o Salão. Wilhelm Karmann ficou animado com o carro, e em novembro daquele mesmo ano, ele finalmente apresentou o belo carro ao chefão da Volkswagen. Ele só conseguiu fazer isso porque sua empresa, a Karmann, já construía o Fusca Cabriolet desde 1949.
Heinrich Nordhoff adorou o protótipo, e uma vez que a planilha de custos foi estabelecid, a Volkswagen decidiu produzir o modelo, que ganhou a versão conversível em 1957.

historia-kraman
O fusquinha de luxo foi um sucesso instantâneo, e a Karmann construiu 362.601 cupês e outros 80.881 conversíveis até o fim da carreira do modelo, em 1974. O Karmann-Ghia também inspirou algumas das propagandas mais honestas já vistas.

karmann-ghia-honestidade
Hoje a Karmann original está morta, mas sua fábrica ainda existe como Volkswagen Osnabrück GmbH, onde são produzidos o Golf conversível, os Porsche Boxster e Cayman e o Volkswagen XL1.

Créditos: Jalopnik

Gostou da Publicação? Vote e comente sobre ela!
Respeite os direitos autorais, sugestione postagens e contate-nos para qualquer dúvida.

0 comentários:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...