02 julho 2013

A Biografia de Ferdinand Porsche

Ferdinand Porsche nasceu em Maffesdorf na região de Boêmia, Áustria-Hungria, que atualmente faz parte da cidade de Liberec, na República Checa, e desde muito jovem já demonstrava sua grande aptidão para os trabalhos mecânicos, assim foi levado a estudar na Escola Técnica Imperial, enquanto ajudava seu pai na loja.

Mais tarde foi trabalhar com Bela Egger em Viena quando tinha 18 anos de idade e depois de cinco anos foi para a fábrica de carruagens Jakob Lohner & Co e logo começou a sentir-se atraído pela indústria automobilística, principalmente quando Jakob passou a construir automóveis por volta de 1896, em Floridsdorf.

Seu interesse pelos carros era tanta que dois anos mais tarde, Ferdinand conseguiu lançar o seu primeiro projeto, em 1898, que ficou conhecido por "Sisterma Lohner-Porsche", que na realidade era uma carruagem movida por um motor de combustão interna e com um sistema de direção híbrida, composto por quatro motores elétricos montados sobre rodas, que eles apresentaram na Exposição Universal de 1900, em Paris.

O veículo chegava a atingir a velocidade de 56 km/h, e quebrou diversos recordes de velocidade na Áustria da época, assim como chegou a vencer o rali de Exelberg, em 1901, pilotado pelo próprio Ferdinand. Mais tarde foram realizadas outros avanços tecnológicos no carro que permitiu quebrar outros recordes.

Em 1905, Ferdinand Porsche já era conhecido como destacado engenheiro austríaco automobilístico e no ano seguinte foi recrutado para ser o projetista chefe da Austro-Daimler. Em 1910, Porsche construiu o carro "Model 27/80" que ficou conhecido pelo apelido de "Prince Henry", pois homenageava o príncipe Heinrich, irmão de Kaiser Guilherme II. Ele permaneceu na empresa até 1929, quando pediu demissão e em abril de 1931 fundou a sua empresa em Stuttgart.


Com o passar do tempo a empresa foi crescendo e Ferdinand decidiu trabalhar em seu próprio projeto, numa reencarnação de um pequeno carro-conceito nos tempos que ele ainda trabalhava na Daimler-Benz em Stuttgart. Ele também conseguiu levantar financiamento, mas logo perdeu o interesse quando começou a fazer sucesso com as suas motocicletas. Somente mais tarde voltou a interessar novamente pelo projeto, quando Adolf Hitler resolveu incluí-lo em sua idéia de motorizar o país.


Em junho de 1934, Ferdinand Porsche assinou um contrato com Hitler para a construção do "carro do povo" (ou Volkswagen), na seqüência de seus projetos anteriores. Os dois primeiros protótipos foram concluídas em 1935 e estes foram seguidos por vários outros lotes de pré-produção durante 1936 a 1939. A produção em massa do carro, que mais tarde ficou conhecida como o Fusca, começou somente a ser fabricada após o fim da Segunda Guerra Mundial, na cidade de nome Wolfsburg, que é ainda a sede do Grupo Volkswagen.


Em novembro de 1945, logo após o encerramento da Segunda Guerra Mundial, Porche foi convidado a continuar o projeto da Volkswagen na França, assim como mover o equipamento da fábrica para lá como parte das reparações de guerra, mas isso não chegou a acontecer por diversos motivos, principalmente políticos. Em 15 de dezembro de 1945, Ferdinand Porsche, Anton Piêch e Ferry Porsche foram presos como criminosos de guerra. Pouco tempo depois Ferry, filho de Ferdinand foi libertado, mas Porsche e Anton ainda continuaram a serem mantidos na prisão por 20 meses sem julgamento.


Mais tarde a família Porsche retornou a Stuttgart em 1949 e criou uma nova versão do carro e quando Ferry Porsche conseguiu ressuscitar a empresa já contava com uma produção de cerca de 1500 unidades. Posteriormente Ferdinand Porsche foi contratado pela Volkswagen para ser consultor da empresa e além disso recebeu um adicional de royalties sobre cada tipo Volkswagen I (Beetle) fabricado, o que lhe garantiu uma ótima situação financeira.


Ferdinand e Ferry Porsche
Algumas semanas mais tarde, Ferdinand Porsche sofreu um acidente vascular cerebral e não se recuperou nunca mais, vindo a falecer no dia 30 de janeiro de 1951, aos 75 anos de idade, em Stuttugart, Alemanha Ocidental. Em 1996, o nome de Ferdinand Porsche foi incluída no International Motorsport Hall of Fame e em 1999, também recebeu um prêmio póstumo como engenheiro de carro do século. Em 2010, um memorial oficial foi erguido no berço da Porsche em Vratislavice nad Nisou, República Tcheca, com um Porsche 356.

Créditos:  TV Sinopse

Gostou da Publicação? Vote e comente sobre ela!
Respeite os direitos autorais, sugestione postagens e contate-nos para qualquer dúvida.

0 comentários:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...