Estamos voltando...

30 maio 2013

A Evolução da lanterna traseira do Fusca

O fusca do formato que conhecemos foi lançado em 1938. A partir de então, mais de 2000 mil modificações foram feitas no besouro mas sempre mantendo sua aparência inconfundível, seja qual época ele seja. E uma parte do Fusca que mudou muito entre 1938 ate 2003 no fim de sua produção foi a lanterna traseira que teve seu formato significativamente alterado. Vou mostrar através de fotos de modelos a evolução da lanterna do fusca não só no Brasil, mas mundialmente falando:

Lanterna Fusca Split 1938
[lanterna-split-1938.jpg]
Esta foi a primeira lanterna do Fusca, praticamente igual aos modelos Split, mas existe um aro cromado ao redor da lente, um detalhe que se difere dos outros modelos.

Lanterna Fusca Split 1946
[lanterna-split-1946.jpg]
Durante a Segunda Guerra Mundial, entre 1939 à 1945, foram produzidos pouquíssimos fuscas, sendo que a maioria deles eram destinado aos membros do governo alemão e para o campo de batalha. Esta lanterna é de um modelo de 1946, pós guerra, no qual pode se reparar o aro cromado ao redor da lente, assim como o modelo de 1938, possívelmente era um acamento de um modelo deluxe. Este aro cromado equipou os fuscas entre 1943 à 1948, e alguns exemplares em 1949.

Lanterna Fusca Split 1947
Esta lanterna é de um modelo standart 1947. Detalhe para o aro na cor preta. Neste ano, a VW ainda estava se recuperando da devastação causada pela Segunda Guerra e a produção do fusca era baseado no modelo standart, sendo que o custo de produção era mais barato e consequentemente o preço final também.

Lanterna do Fusca Split de 1949 até 1952 1ª série
[lanterna-split.jpg]
Esta lanterna com este formato equipou os fuscas Split de 1949, (ano em que a VW voltou a produzir em grande escala, inclusive para exportação) , até meados de março de 1952, ano em que se encerrou a produção do fusca Split com motor 1100cc.

Lanterna do Fusca Split Switter de 1952 2ª série à 1955 Fusca Oval 1ª série
[lanterna-oval-1.jpg]
Esta lanterna equipou os Split Zwitter ( híbrido entre Split e Oval) da primeira série de 1952 à 1ª série do Fusca Oval de 1955. Esta lanterna é também conhecida como coração pelo formato da lente na parte superior que exercia a função de luz de freio era feita de acrílico. Muito procurada por restauradores, tem um grande valor de mercado.

Lanterna do Fusca Oval de 1955 2ª série à 1961 2ª série
[lanterna-oval-2.jpg]
Esta lanterna esquipou o Fusca Oval de 1955 segunda série até 1961 segunda série, sendo que o fusca ja havia sofrido muitas outras modificações como o vidro vigia que ficou maior e quadrado. A lente de coração é então extinguida na evolução desta lanterna, sendo que manteve a função de luz continua e luz de freio. Um detalhe interessante da evolução das lanternas até então é que a lente era feita de vidro e lembrava muito um favo de mel.

Lanterna do Fusca de 1962 1ª série à 1970 1ª série
[lanterna-fusquinha.jpg]
Esta lanterna equipou o Fusca de 1962 1ª série até 1970 1ª série, mas não parou por aí. Esta lanterna equipou todos os Fuscas standart do Brasil até 1981 e na Europa entre outras regiões do mundo na suas versões standart até final da década de 70. Com a função de luz contínua e de freio, a luz de ré só existia mediante a uma adaptação ou por uma lanterna acessório que vinha encorporada a luz com esta função. A partir desta lanterna até o final da produção do Fusca o material usado era o acrílico.

Lanterna do Fusca de 1970 à 1978 2ª série
[lanterna-fuscao.jpg]
No Brasil, esta lanterna equipou o Fuscão 1500 que foi fabricado entre 1970 à 1975, até 1978 segunda série nos fuscas 1600. Esta lanterna ganhou a função da luz de ré que até então não havia original de fábrica. Ela também equipava os Fuscas 1300L de 1975 à 1978. Mas esta lanterna já havia sido lançada no Fusca europeu e americano desde 1969 até somente 1972 segunda série no Beetle 1302. Detalhe interessante desta lanterna na versão americana é que devido a exigencias da legislação dos EUA, ela era equipada com um refletor na lateral conforme mostra a foto abaixo:


Lanterna do Fusca de 1979 à 1996
Esta foi a última evolução da lanterna do Fusca. Ela equipou os fuscas brasileiros a partir de 1979 era carinhosamente conhecido como fafá em alusão aos avantajados peitos da cantora Fafá de Belém. Na Europa e EUA, esta lanterna foi lançada em 1973 nos Beetle 1303, 6 anos antes que no Brasil e permaneceu a mesma até o fim definitivo da produção do Fusca no Méxixo em 2003. Atualmente existem no mercado diversos modelos tuning como o exemplo abaixo:

As empresas que fabricavam as lanternas do Fusca para VW eram a Hella e Arteb que são facilmente identificados na superfície da lente, o que comprova sua orinalidade. Atualmente, diversas empresas produzem reproduções muitas vezes mau feitas e todas feitas em plástico. Para que esta querendo restaurar seu Fusca, ainda encontra-se no mercado lanternas de acrílico originais que tem um acabamento muito superior e maior durabilidade.

Créditos:  Paixão por Fusca

Gostou da Publicação? Vote e comente sobre ela!

2 comentários:

Rafael Ribeiro disse...

As lanternas originais também podem ser da marca Polimatic, e durante a segunda metade da década de 70 eram bicolores, nas cores vermelha e branca, por exigência da lei de trânsito vigente na época, depois revogada, que proibia a cor laranja para as setas traseiras.

Leandro Machado disse...

Bem lembrado, Rafael... Participe de nosso grupo no Facebook para que possamos discutir mais sobre a antiguidade VW ~> https://www.facebook.com/groups/132784150255792/

Boa Tarde!

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...